Maioria das pessoas limpa mais a casa desde o início da pandemia

UM ESTUDO INDICA QUE 59% DOS INQUIRIDOS PREOCUPA-SE MUITO MAIS COM A LIMPEZA DA SUA CASA DO QUE ANTES DA PANDEMIA

Madalena Costa


A pandemia de Covid-19 instalou-se no mundo há mais de um ano e os cuidados com a nossa saúde foram, inevitavelmente, redobrados. Milhares de pessoas passaram a preocupar-se muito mais com a limpeza das suas próprias casas, de forma a impedir que o vírus se instalasse.


Quem o prova é um estudo, que investigou os hábitos e comportamentos de limpeza de 10.754 inquiridos de 10 países.


Nestes tempos difíceis, 59% das pessoas estão a fazer cada vez mais limpezas e até um em cada quatro dos inquiridos estão “extremamente preocupados” com o pó que se acumula em casa.



Para milhares de pessoas, a higiene e a limpeza das suas próprias casas tornaram-se mais importantes do que nunca, já que o pó e outras sujidades acumulados podem ter “um impacto no nosso bem-estar”, tal como explicou Dennis Mathews, Investigador de Microbiologia.


A verdade é que a pandemia e o confinamento conduziram milhares de pessoas para casa, onde passam a maioria das horas do dia. Logo, não é de estranhar que tenham ainda mais noção daquilo que os rodeia e se sintam mais preocupados, já que, segundo o estudo, o pó pode conter vírus e ser, claro, muito prejudicial para a saúde.


Quem se dedicou, recentemente, às limpezas afirmou que se sente melhor consigo mesmo, ao criar um ambiente mais saudável para viver e, agora, teletrabalhar.



A verdade é que, apesar dos tempos caóticos que vivemos, as pessoas tornaram-se mais arrumadas e organizadas dentro das suas próprias casas!


  • Partilha:

Top