Como ator, Zelensky brincou com a entrada da Ucrânia na União Europeia e o vídeo tornou-se agora viral

A PERSONAGEM INTERPRETADA POR ZELENSKY NA SÉRIE "SERVO DO POVO" FALA AO TELEMÓVEL COM "ANGELA MERKEL" SOBRE A ENTRADA NA UCRÂNIA NA UNIÃO EUROPEIA E TORNA-SE VIRAL

Madalena Costa


Foi há uma semana que o nome de Volodymyr Zelensky ficou no centro das atenções de todo o mundo. É verdade que o presidente ucraniano já era muito conhecido no país e até ainda antes de chegar ao poder, uma vez que Zelensky já era uma figura pública e bem conhecida. Passou do anonimato para o estrelato devido ao humor, à participação no programa ucraniano "Dança com as Estrelas" e ainda ao facto de ter dado voz a desenhos animados. E, agora, o seu nome é mundialmente conhecido, pelas razões que, infelizmente, conhecemos.


Além do humor, Zelenksy foi também ator e tornou-se a estrela da série "Servo do Povo", onde foi protagonista. Nela, aliou o humor à representação e interpretou um professor, Vasyl Holoborodko, que se torna, inadvertidamente, presidente da Ucrânia.


Numa das cenas da série, a personagem interpretada por Zelensky recebe um telefonema de "Angela Merkel" que lhe diz que o pedido para a Ucrânia entrar na União Europeia foi aceite. Perante esta notícia, o professor da série explode de felicidade até que se apercebe que a chanceler alemã se enganou no chefe de Estado para quem estava a ligar, uma vez que quem iria entrar para a União Europeia era um outro país. Logo a seguir, a personagem de Zelensky desliga o telefone e mostra-se zangado com a situação.


Esta cena da série "Servo do Povo", partilhada por uma correspondente da revista "TIME" no Twitter, tornou-se viral com cerca de 8 milhões de visualizações, após Volodymyr Zelensky ter pedido ao Parlamento Europeu para que a Ucrânia entrasse rapidamente na União Europeia. Esse pedido foi feito numa reunião com muitos eurodeputados que o aplaudiram de pé.



A mesma jornalista partilhou também uma outra cena da série, onde a personagem de Zelensky já é presidente fictício do país e vê vários eurodeputados a discutir no parlamento. Após sucessivas tentativas, a única forma que encontra para os chamar à atenção é gritar para o microfone: "O Putin foi derrubado", sendo que se segue um longo silêncio de todos. A cena termina com o presidente fictício a dizer "estou a brincar".


Este é um exemplo de como a ficção, às vezes, supera a realidade... Para já, a entrada na União Europeia é apenas um desejo da Ucrânia.


(Imagens: Instagram)


  • Partilha:

Top