Estas são as regras para a praia, este verão

O GOVERNO PREPARA-SE PARA APROVAR A APLICAÇÃO DE MULTAS A QUEM FOR À PRAIA SEM MÁSCARA

Madalena Costa


Pelo segundo ano consecutivo, vamos viver um verão diferente. A pandemia de Covid-19 ainda não deu tréguas por completo e, por isso, as regras de acesso às praias e todos os cuidados vão ser para manter e há mais! O Governo prepara-se para aprovar a aplicação de multas a quem for à praia sem máscara e aproveitar o areal para jogar à bola ou raquetas, segundo o projeto de decreto-lei do Conselho de Ministros, citado pelo JN.


As coimas podem chegar aos 100 euros.


No final do Conselho de Ministros, na passada quinta-feira, a ministra da Presidência deu conta de que as regras aplicadas na época balnear de 2020 vão manter-se "em larga medida" para este ano.


Para te relembrares e para começares a organizar as tuas idas à praia, estas são as regras em vista:


- Será preciso ter máscara para entrar no areal, nos restaurantes dos concessionários e estar junto aos paredões. Mantêm-se proibidos os habituais jogos na praia com raquetas e bola. Para os prevaricadores haverá uma contraordenação, que variará entre os 50 e os 100 euros.


- O uso de máscara será obrigatório para entrar no areal, nos restaurantes dos concessionários e estar junto aos paredões;


- Mantêm-se proibidos os jogos na praia com raquetas e bola;


- Os banhistas devem assegurar um distanciamento físico de 1,5 metros entre diferentes grupos e um afastamento de três metros entres chapéus de sol, toldos ou colmos;



- Nos toldos, colmos e barracas de praia, cada pessoa ou grupo só tem permissão para alugar de manhã, até às 13h30, ou de tarde, a partir das 14h;


- Em algumas praias do país, foram instalados "semáforos", que vão, mais uma vez, indicar a ocupação da praia. A cor verde significa lotação até 50%, amarelo quer dizer lotação entre 50% e 90% e vermelho indica lotação acima de 90%;


- Tal como no ano passado, espera-se que a informação sobre a ocupação das praias seja atualizada em tempo real na aplicação "Info Praia" e no site da Agência Portuguesa do Ambiente.


Além destas medidas, há mais algumas a ter conta!


Os banhistas e os concessionários devem sempre assegurar o distanciamento físico, cumprir a etiqueta respiratória e a higienização das mãos, e ainda a limpeza e higienização dos espaços e a utilização da máscara, sempre que seja necessário. Caso contrário poderão ser sancionados com multas entre os 500 e os mil euros.


Por outro lado, os parques infantis, parques aquáticos e itinerantes de diversão podem reabrir.


Mais uma vez, este vai ser um verão diferente! É verdade que, em tempos, era fácil chegar à praia e arranjar um espacinho para estender a toalha. Só que é também necessário cumprir as medidas decretadas para que consigamos usufruir melhor do verão de 2022!


  • Partilha:

Top