Isabel II: o reinado feminino mais longo do mundo

ISABEL II, RAINHA DE INGLATERRA, FOI COROADA A 2 DE JUNHO DE 1953


Fez esta quarta-feira, 2 de junho, 68 anos que a rainha Isabel II foi coroada rainha de Inglaterra, missão que ainda assume nos dias de hoje, aos 95 anos.

É, por isso, a mulher com o reinado mais longo do mundo.

Antes dela, estão apenas três nomes masculinos: Luís XIV, França, (reinado de 72 anos); Bhumibol Adulyadej, Tailândia, (reinado de 70 anos) e João II, Liechtenstein, (reinado de 70 anos).


A ascensão de Isabel II a rainha de Inglaterra foi algo que não estava previsto quando nasceu. O seu pai, o Duque de York, era o segundo filho do Rei Jorge V e, como tal, não era esperado que fosse rei. Mas, o seu tio, o rei Eduardo VIII, abdicou do trono para casar com Wallis Simpson, uma americana divorciada, o que trouxe uma grande reviravolta. O pai de Isabel II tornou-se o Rei Jorge VI e ela passou a ser a herdeira do trono.



No dia 6 de fevereiro de 1952, o pai de Isabel II morreu na Casa de Sandringham, com apenas 56 anos. O rei já se encontrava doente há algum tempo e Isabel II até já o substituía em viagens reais. Quando soube da morte do pai, que lhe foi comunicada pelo seu marido, o Príncipe Filipe, Isabel II estava no Quénia. A partir daí soube o que a esperava: um trono aos 25 anos.


A coroação aconteceu 16 meses depois, a 2 de junho de 1953. Os preparativos para o dia começaram um ano antes. Foi um dia com pompa e circunstância, que começou com um desfile do Palácio de Buckingham até à Abadia de Westminster, o local das coroações. Estavam mais de 3 milhões de pessoas nas ruas para aplaudir a nova rainha. Algumas até tinham acampado na noite anterior para conseguirem os melhores lugares para verem o percurso.


Isabel II vestia um vestido em seda bordado com os emblemas das nações da Commonwealth e por cima levava o Manto de Estado em veludo, com mais de 5 metros de comprimento, segurado por sete damas de honor.



Depois da coroação fez a primeira de várias aparições na varanda nesse dia, juntamente com a família real. Depois seguiram-se vários momentos com outros elementos da realeza estrangeira. A última aparição da Rainha na varanda foi à meia-noite.


A coroação da Rainha Isabel II foi a primeira a ser transmitida na televisão. Na altura, a maioria das casas não tinham televisão, mas a vontade de assistir à coroação da rainha fez disparar a venda de televisões. Foram 11 horas de cobertura em direto com 20 milhões de telespectadores a assistir.


Desde então, passaram-se 68 anos. Pelo meio, Isabel II teve quatro filhos, oito netos, 10 bisnetos e viu o seu marido morrer este ano, aos 99 anos.


É a rainha com o reinado mais longo do mundo.


  • Partilha:

Top