Mickael Carreira lembra a irmã e afirma que sente "ainda muita revolta"

O CANTOR FOI ENTREVISTADO POR MANUEL LUÍS GOUCHA, NO PROGRAMA "CONTA-ME", E RECORDOU A IRMÃ, SARA CARREIRA


Apesar dos dois anos que passaram, a dor, o vazio e a tristeza permanecem naqueles que se cruzaram na vida de Sara Carreira.


A jovem cantora partiu cedo demais e deixou uma enorme saudade e mágoa. Os pais e os irmãos de Sara Carreira não escondem a falta que a jovem lhes faz e demonstram-no, muitas vezes, nas redes sociais e até em algumas entrevistas que já deram.


Tony Carreira foi o primeiro a dar uma emotiva entrevista a Manuel Luís Goucha, a quem confessou que morreu por dentro quando a sua filha partiu. Seguiram-se David e agora foi Mickael Carreira que conversou com o apresentador da TVI sobre a sua vida, no programa "Conta-me".


Na conversa intimista, Mickael Carreira lembrou a irmã e começou por dizer que nunca vai "conseguir ultrapassar" a sua partida.


Visivelmente emocionado, o cantor afirmou que passou a dar mais atenção à vida depois de ter perdido a irmã, de apenas 21 anos. E que, apesar de querer continuar e de seguir em frente, "a dor continua" e que sente "ainda muita revolta".


Em relação à irmã, Mickael Carreira confidenciou que "dos três, era a mais pura" e que quer "honrar o [seu] nome". Essa missão tem sido feito pela Associação Sara Carreira, criada pela família para manter viva a essência e a generosidade de Sara Carreira e para ajudar jovens talentosos a realizarem os seus sonhos.


A música sempre uniu a família e a prova é que, além de Tony Carreira, Mickael, David e Sara seguiram os seus caminhos no mesmo ramo. A mais nova do clã tinha gravado uma música com David Carreira, intitulado "Gosto de ti", mas, para o irmão mais velho, "é impossível" cantá-la, neste momento, sem a irmã.



(Imagens: Reprodução de vídeo)


  • Partilha:

Artigos Recomendados
Top