Afinal, quem fez o primeiro presépio?

FAZEMOS O NOSSO PRESÉPIO, EM CASA, POR CAUSA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Ana Margarida Oliveira



São Francisco de Assis é o responsável por toda a gente fazer o presépio, em casa, no trabalho, nas lojas e nas ruas.

Vamos saber porque é que isto é assim!



Pensa-se que só 200 a 300 anos depois de Jesus ter nascido se começou a representar a cena do nascimento de Jesus. Eram, então, apenas em forma de pinturas feitas por cristãos, provavelmente ainda às escondidas dos romanos, nas grutas e catacumbas onde se juntavam.

O primeiro presépio de verdade, com figuras autónomas, foi feito pela primeira vez, no natal de 1223, por S. Francisco de Assis.

Diz-se que S. Francisco, em vez de celebrar a missa dentro da igreja, foi para uma gruta na floresta de Grécio, perto da cidade de Assis. Levou mesmo um burro e um boi até lá e ainda as figuras de Jesus, Maria e José.



Ele queria que os habitantes de Assis visualizassem como tudo se passou na noite em que Jesus nasceu. Esta iniciativa de S. Francisco fez com que se criasse o hábito de fazermos presépios, todos os Natais, em casa, no trabalho, nas ruas. Esta tradição de fazer um presépio, em casa, começou bem mais tarde.



S. Francisco de Assis é o patrono dos presépios.

E o presépio é possivelmente a única cena, o único cenário da História do mundo, que se representa em casa.

Tens aqui algumas dicas para fazeres o teu presépio.

Feliz Natal, com a RFM!


  • Partilha:

Top