Tem 11 anos, já é licenciado e tem um plano para alcançar a imortalidade

LAURENT SIMONS QUER ALCANÇAR A IMORTALIDADE E JÁ TEM UM PLANO PARA ISSO


Laurent Simons, de 11 anos, ficou conhecido por ser o segundo licenciado mais jovem do mundo. Terminou os estudos em Física e este é apenas o início de uma jornada que se adivinha longa e promissora. Agora o plano do jovem vai mais longe e é algo nunca antes conseguido e desejado por alguns de nós: a imortalidade.


O seu interesse pela física quântica, pela mecânica clássica e o amor pelos seus avós, que sofrem de problemas cardíacos, fizeram este jovem debruçar-se sobre a imortalidade e as várias formas de a conseguir alcançar. E qual é o plano de Laurent Simons? Substituir o maior número possível de partes do corpo por partes mecânicas, segundo disse ao jornal El País. Para isso, propõem-se produzir órgãos artificiais em laboratório, para quando os naturais falham. Assim, tanto ele como outras pessoas poderão preservar os seus familiares mais velhos por mais tempo.



Apesar de ser um plano muito ambicioso, Laurent está focado em consegui-lo e já traçou um plano. Quer estudar mais sobre física quântica e “trabalhar com os melhores professores do mundo, olhar para dentro dos cérebros e descobrir como pensam”. Aos 11 anos, este jovem prepara-se para iniciar, depois do verão, um mestrado, na Universidade de Antuérpia, que foi adaptado para si e, no futuro, tirar um doutoramento.


Laurent Simons quer aproveitar o seu QI de 145 para aprender o máximo possível sobre a física quântica para, num futuro não muito longíquo, pôr em prática o seu grande objetivo. Estará a imortalidade a um passo de acontecer?


  • Partilha:

Top