Realização da Festa do Avante divide opiniões

DEPOIS DE MUITAS CRÍTICAS, A FESTA DO AVANTE VAI AVANÇAR E ANUNCIA O CARTAZ PARA A EDIÇÃO DESTE ANO

Madalena Costa
Ana Margarida Oliveira


No dia em que é anunciado o cartaz da Festa do Avante, a polémica continua.

Foi promulgada a lei que ditava o cancelamento de todos os festivais de música até 30 de setembro, ainda durante o confinamento e, por esta razão, muitos festivais, arraiais e festas de verão foram cancelados ou adiados para o próximo ano.

A Festa do Avante não foi cancelada e vai realizar-se nos dias 4, 5 e 6 de setembro. A polémica surgiu. Esta Festa, organizada pelo Partido Comunista Português, pode realizar-se porque “a atividade política do PCP ou de qualquer outro partido não está proibida” segundo o Governo.


Nas palavras da organização "A Festa do Avante! não é um simples festival de música. É uma grande realização político-cultural que se realiza desde 1976, muitos anos antes da existência daquele tipo de festivais."


Agora, é anunciado o cartaz da edição 2020 que tem confirmados Xutos e Pontapés, Mão Morta, Capicua, Lena d'Água, Marta Ren, Camané e Mário Laginha, Dead Combo, Blasted Mechanism, Scúru Fitchádu, Dino D'Santiago, Stereossauro, Aldina Duarte e Peste e Sida, entre outros.


A polémica mantém-se porque, por um lado, é um evento político que não está proibido, por outro lado, anuncia um cartaz de artistas e aproxima-se de um evento musical, proibidos no contexto atual, já que Portugal apresenta uma situação de alerta e de calamidade em várias freguesias.


As opiniões dividem-se quanto à realização desta Festa até porque é necessário cumprir todas as restrições impostas e aconselhadas pela DGS, Conselho de Ministros e Governo quanto ao ajuntamento de pessoas, entre outras precauções.


Apesar de os eventos políticos e os comícios não terem sido cancelados, apela-se ao bom senso de todas as partes, tanto das organizações como dos participantes.


Sabemos bem que só venceremos esta batalha contra a pandemia se nos unirmos.


  • Partilha:

Top