Gonçalo Diniz e Álvaro Morte juntos em série sobre Fernão de Magalhães

"SEM LIMITES" CONTA UMA DAS MAIORES AVENTURAS DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE, LIDERADA PELO NAVEGADOR PORTUGUÊS FERNÃO DE MAGALHÃES

Jéssica Santos
Ana Margarida Oliveira


Há 500 anos, o navegador português Fernão de Magalhães abriu as portas à navegação entre o Oceano Atlântico e o Oceano Pacífico, ao fazer a primeira viagem de circum-navegação. Esta viagem vai se retratada na série “Sem Limites”, da Amazon Prime Video, que conta com um português no elenco: Gonçalo Diniz.


O ator português vai partilhar o elenco com o famoso el profesor de La Casa de Papel, Álvaro Morte, e Rodrigo Santoro, que fará de Fernão de Magalhães.
“Sem Limites” é um drama de aventuras que vai contar a história da primeira circum-navegação em barco em quatro episódios com cerca de uma hora.


As gravações começam já no dia 26 de abril e vão ter lugar no País Basco e em Navarra.




“Liderados pelo português Fernão de Magalhães, 239 marinheiros partiram de Sanlúcar de Barrameda a 20 de agosto de 1519. Três anos mais tarde, apenas 18 marinheiros famintos e debilitados regressaram no único navio que resistiu à viagem, liderados pelo marinheiro espanhol Juan Sebastián Elcano” descreve a sinopse da série.


O que deu origem a esta viagem de Fernão de Magalhães?


Basicamente foi a "Questão das Molucas".

Determinava o Tratado de Tordesilhas, em 1494, que o mundo se dividia ao meio. Portugal tinha direito a todas as terras descobertas, fora da Europa, a leste do meridiano que passava a 370 léguas a oeste do arquipélago de Cabo Verde. Espanha ficava com os territórios descobertos a oeste deste meridiano.

A chegada dos portugueses às Molucas levantou a questão sobre a pertença das ilhas. Isto porque do outro lado do mundo, a demarcação do Tratado de Tordeseilhas não era clara.

Portugueses e espanhóis reclamavam a posse das ilhas das especiarias, uma vez que estas ficavam no limite que o Tratado de Tordesilhas impunha: o mundo, a leste das Molucas, pertencia a Espanha, a oeste a Portugal.


O português Fernão de Magalhães partiu, em 1519, ao serviço do rei espanhol, para uma viagem que pretendia provar que as Molucas perteciam a Espanha.


Para isso, este navegador seguiu pelo Oceano Atlântico, para oeste, procurando o fim do continente sul-americano, de forma a entrar na parte espanhola do mundo.

E o resultado foi a realização da primeira viagem de circum-navegação à Terra.



Magalhães não chegou a concluir a viagem, pois foi morto numa rixa, na Filipinas, em abril de 1521, mas um outro navegador da mesma frota chegou às Molucas, a ilha das especiarias.

Esta viagem provou que a Terra é redonda, mas a questão da posse das Molucas manteve-se.

Só em 1529 é que a contenda ficou resolvida, com a assinatura do Tratado de Saragoça que determinou que Portugal ficava com as Molucas e o exclusivo do comércio do cravinho em troca do pagamento de uma elevadíssima quantia a Espanha.

Fernão de Magalhães saiu do Oceano Atlântico por um estreito, então chamado de Todos os Santos, atingindo depois o Oceano Pacífico.

O estreito que une os dois oceanos tem hoje o seu nome: Estreito de Magalhães.


O feito de um português que vais poder ver, agora, retratado numa série e com um ator português no elenco.


  • Partilha:

Top