Pedro Pichardo conquista o ouro e "A Portuguesa" entoa no estádio olímpico

COM A MEDALHA DE OURO AO PEITO, O ATLETA DE ORIGEM CUBANA TORNA-SE NO QUINTO CAMPEÃO OLÍMPICO POR PORTUGAL

Madalena Costa


Que alegria e que orgulho estão os portugueses a sentir!!!


Pedro Pichardo "voou" no triplo salto e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O campeão da Europa em pista coberta saltou 17,98 metros, no terceiro ensaio, um novo recorde nacional e a melhor marca mundial do ano. De origem cubana, Pedro Pichardo bateu a concorrência e esteve sempre à frente da prova.


Para o atleta português, "o ouro tem um significado muito grande, pois é a única forma que tenho de agradecer ao país que me apoiou desde o primeiro dia. Agradecer com medalhas e bons resultados".



Este título olímpico assinala um feito histórico para Portugal, que, garante, pela primeira vez, a conquista de quatro medalhas na mesma edição dos Jogos Olímpicos, e ainda a primeira medalha de ouro conquistada para o nosso país, este ano.


Pela primeira vez nesta edição dos Jogos Olímpicos, um português subiu ao primeiro lugar do pódio. Pedro Pichardo entoou "A Portuguesa" na cerimónia de entrega de medalhas, que aconteceu às 10:47 (hora de Lisboa, 18:47 em Tóquio).


O momento é emocionante e, apesar de ter contido as suas emoções, Pedro Pichardo elevou a medalha de ouro e o nome de Portugal!



Esta é a primeira vez do atleta português nos Jogos Olímpicos e a sua estreia levou-o ao topo do pódio! Que emoção!


Com a medalha de ouro ao peito, Pedro Pablo Pichardo torna-se no quinto campeão olímpico de Portugal, depois de Carlos Lopes (Los Angeles, 1984), Rosa Mota (Seul, 1988), Fernanda Ribeiro (Atlanta, 1996) e Nélson Évora (Pequim, 2008).


A medalha trazida por Pedro Pichardo é a 4.ª que Portugal conquista nos Jogos Olímpicos de Tóquio, que vem assim juntar-se às de bronze de Jorge de Fonseca e Fernando Pimenta e à de prata de Patrícia Mamona.


  • Partilha:

Top