O site da RFM utiliza cookies. Ao navegar está a concordar com a sua utilização.
Saiba mais sobre o uso de cookies.Fechar

Os quadros que se tornaram personagens no filme "A Paixão de Van Gogh"

Foram necessários 125 pintores, 62,450 pinturas e quase uma década para os guionistas/ realizadores Dorota Kobiela e Hugh Welchman fazerem o filme “Loving Vincent” - "A paixão de Van Gogh" – a primeira longa metragem de animação completamente pintada a óleo em tela.

Este projeto único e inovador conta-nos a história dos últimos anos de vida do pintor holandês, usando 130 dos seus quadros e, transformando em personagens, os modelos dos retratos pintados por Van Gogh. Os mais de 60 mil frames do filme foram pintados a óleo por mais de 100 artistas que, assim, transformaram em filme, os quadros 130 quadros de van Gogh

 

Nascido na Holanda, em Zundert, em 1853, Vincent Willem van Gogh foi um considerado uma das figuras mais famosas e influentes da história da arte ocidental. Foi nos últimos dois anos da sua vida que criou mais de duas mil obras, entre as quais 860 pinturas a óleo. Van Gogh suicidou-se, em circunstâncias estranhas, aos 37 anos, antes de a sua obra ter sido reconhecida. Considerado um louco e um fracassado, a sua reputação só começou a crescer no início do século XX. Hoje as obras do pintor holandês estão entre as mais caras do mundo. Entre as vendidas por mais que cem milhões de dólares, estão os retratos do Dr. Gachet e do carteiro Joseph Roulin que inspiraram duas das personagens deste filme

"A Paixão de Van Gogh" é uma viagem através das vidas que o pintor tocou e pintou e dos problemas que o poderão ter levado ao suicídio. A viagem é feita tendo como cenário os seus quadros mais famosos e as personagens do filme são quase um “quem é quem” dos retratos pintados por Van Gogh.

A história começa com Armand Roulin (pintado por Vincent em 1888), que a pedido do pai Joseph Roulin (o famoso carteiro pintado por Van Gogh em 1888) tem como missão entregar a última carta do pintor, ao irmão Theo . No entanto, ao falar com Père Tanguy, o fornecedor de tintas de Van Gogh, Armand descobre que Theo se tinha suicidado depois da morte do irmão e vai até Auvers onde Vincent tinha passado os seus últimos dias. A sua ideia é entregar a carta ao médico do pintor - Dr Gachet – pai de Marguerite Gachet uma rapariga que descobre tinha gostado bem mais de Vincent do que mostrava. Em Auvers , Armand Roulin fala também com Adeline Ravoux , a filha do dono da estalagem onde Van Gogh vivera e continua a tentar descobrir a quem deverá entregar a carta do pintor e como terá morrido, na verdade, o autor daquela missiva. Esta é a história narrada pelo filme “Loving Vincent” que foi buscar todas estas personagens a quadros e retratos de Vincent Van Gogh hoje expostos em alguns dos mais famosos museus do mundo. Aqui ficam alguns dos mais famosos quadros pintados por Van Gogh que inspiraram este filme e onde os podes encontrar

PARTILHA :
Top