Grammys - Billie Eillish levou quase todos para casa!

ANA COLAÇO

Billie Eilish Tem apenas 18 anos mas este domingo levou 6 grammys para casa!

Ganhou as grafonolas mais desejadas com a música "Bad Guy" e o álbum de estreia "When we all fall asleep, where do you go?" - Artista revelação, canção do ano, álbum do ano, gravação do ano, melhor álbum de pop vocal, e de melhor engenharia de álbum na categoria não clássica... e ainda podemos contar com o Grammy de melhor produtor do ano que foi para o produtor e irmão Finneas O´Connell.

Vê aqui o momento em que Billie Eilish foi receber o grammy para melhor canção, na 62ª edição da entrega dos Grammys

De destacar da cerimónia, ainda a entrega do Grammy de melhor performance de um Duo ou Grupo Country a “Speechless”, de Dan + Shay que esteve várias semanas no número 1 do top 25 RFM.

A cerimónia ficou ainda marcada pela homengem a Kobe Bryant, o jogador de basquetebol que morreu num acidente de helicóptero este domingo. Alicia Keys que, durante o discurso na cerimónia, pediu um minuto de silêncio.

O regresso que também marcou esta noite foi o de Demi Lovatto, que depois de um ano afastada dos palcos, para recuperação, voltou em grande, para cantar "Anyone"

Quanto à Red Carpet... tira tu as tuas próprias conclusões! Houve fatos para todos os gostos e tamanhos...

Lista de vencedores

Gravação do Ano - ‘Bad Guy’, Billie Eilish
Álbum do Ano - ‘ ‘When We All Fall Asleep, Where Do We Go?’, Billie Eilish
Canção do Ano - ‘Bad Guy’, Billie Eilish
‘Melhor Artista Revelação - Billie Eilish
Melhor Atuação Pop a Solo - ‘Truth Hurts’, Lizzo
Melhor Atuação Pop de Duo ou Grupo - ‘Old Town Road’, Lil Nas X Featuring Billy Ray Cyrus
Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional - ‘Look Now’, Elvis Costello & The Imposters
Melhor Álbum Pop Vocal - ‘When We All Fall Asleep, Where Do We Go?’, Billie Eilish
Melhor Gravação de Dança - ‘Got to Keep On’, The Chemical Brothers
Melhor Álbum de Eletrónica e Dança - ‘No Geography’, The Chemical Brothers
Melhor Álbum Instrumental Contemporâneo - ‘Mettavolution’, Rodrigo y Gabriela
Melhor Atuação Rock - ‘ ‘This Land’, Gary Clark Jr.
Melhor Atuação Metal - ‘7empest’, Tool
Melhor Canção Rock - ‘This Land’, Gary Clark Jr.
Melhor Álbum Rock - ‘Social Cues’, Cage The Elephant
Melhor Álbum de Música Alternativa - ‘Father of the Bride’, Vampire Weekend
Melhor Atuação R&B - ‘Come Home’, Anderson .Paak Featuring André 3000
Melhor Atuação R&B Tradicional - ‘Jerome’, Lizzo
Melhor Canção R&B - ‘Sayso’, PJ Morton Featuring JoJo
Melhor Álbum Urbano Contemporâneo - ‘Cuz I Love You (Deluxe)’, Lizzo
Melhor Álbum R&B - ‘Ventura’, Anderson .Paak
Melhor Atuação Rap - ‘Racks in the Middle’, Nipsey Hussle Featuring Roddy Ricch & Hit-Boy
Melhor Atuação Rap Cantada - ‘Higher’, DJ Khaled Featuring Nipsey Hussle & John Legend
Melhor Canção Rap - ‘A Lot’, 21 Savage Featuring J. Cole
Melhor Álbum Rap - ‘Igor’, Tyler, The Creator
Melhor Atuação Country a Solo - ‘Ride Me Back Home’, Willie Nelson
‘Melhor Atuação Country de Duo ou Grupo - ‘Speechless’, Dan + Shay
Melhor Canção Country - ‘Bring My Flowers Now’, Tanya Tucker
Melhor Álbum Country - ‘While I’m Livin’’, Tanya Tucker
Melhor Álbum New Age - ‘Wings’, Peter Kater
Melhor Álbum de Jazz Improvisado - ‘ ‘Sozinho’, Randy Brecker, soloist
‘Melhor Álbum de Jazz Vocal - ‘ ‘12 Little Spells’, Esperanza Spalding
‘Melhor Álbum de Jazz Instrumental - ‘Finding Gabriel’, Brad Mehldau
Melhor Álbum de Grande 'Ensemble' - ‘The Omni-American Book Club’, Brian Lynch Big Band
Melhor Álbum de Jazz Latino - ‘Antidote’, Chick Corea & The Spanish Heart Band
Melhor Canção e Performance Gospel - ‘Love Theory’, Kirk Franklin
Melhor Canção Contemporânea de Música Cristã - ‘God Only Knows’, for King & Country & Dolly Parton
Melhor Álbum de Gospel - ‘Long Live Love’, Kirk Franklin
Melhor Álbum Cristão Contemporâneo - ‘Burn the Ships’, for KING & COUNTRY
Melhor Álbum de Raízes Gospel - ‘Testimony’, Gloria Gaynor
Melhor Álbum Pop Latino - ‘#ELDISCO’, Alejandro Sanz
Melhor Álbum de Rock Latino, Urbano ou Alternativo - ‘El Mal Querer’, Rosalia
Melhor Álbum Regional Mexicano - ‘ ‘De Ayer Para Siempre’, Mariachi Los Camperos
Melhor Álbum Tropical Latino - ‘Opus’, Marc Anthony
Melhor Atuação de Raízes Americanas - ‘Saint Honesty’, Sara Bareilles
Melhor Canção de Raízes Americanas - ‘Call My Name’, I’m With Her
Melhor Álbum de Americana - ‘ ‘Oklahoma’, Keb’ Mo’
Melhor Álbum Bluegrass - ‘Tall Fiddler’, Michael Cleveland
‘Melhor Álbum Blues Tradicional - ‘Tall, Dark & Handsome’, Delbert McClinton & Self-Made Men
Melhor Álbum Blues Contemporâneo - ‘This Land’, Gary Clark Jr.
Melhor Álbum Folk - ‘Patty Griffin’, Patty Griffin
Melhor Álbum de Raízes Regionais - ‘Good Time’, Ranky Tanky
Melhor Álbum de Reggae - ‘Rapture’, Koffee
Melhor Álbum de World Music - ‘Celia’, Angelique Kidjo
Melhor Álbum para Crianças - ‘Ageless Songs for the Child Archetype’, Jon Samson
Melhor Álbum de Spoken Word - ‘Becoming’, Michelle Obama
Melhor Álbum de Comédia - ‘Sticks & Stones’, Dave Chappelle
Melhor Álbum de Musical - Hadestown
Melhor Banda-Sonora para Media Visual - A Star Is Born
Melhor Partitura Original para Media Visual - Chernobyl
Melhor Canção Composta para Media Visual - ‘I’ll Never Love Again’, (Film Version), From: A Star Is Born
Melhor Composição Instrumental - ‘Star Wars: Galaxy’s Edge Symphonic Suite’, John Williams
Melhor Arranjo: Instrumental ou A Cappella - ‘Moon River’, Jacob Collier
Melhor Arranjo: Instrumentos e Vozes - ‘All Night Long’, Jacob Collier Featuring Jules Buckley, Take 6 & Metropole Melhor Embalagem
‘Chris Cornell’
Melhor Caixa ou Edição Especial - ‘Woodstock: Back to the Garden – The Definitive 50th Anniversary Archive’
Melhores Notas em Álbum - ‘ ‘Stax ’68: A Memphis Story’, Steve Greenberg, album notes writer (Various Artists)
Melhor Álbum Histórico - ‘Pete Seeger: The Smithsonian Folkways Collection’, Pete Seeger
Melhor Construção de Álbum - ‘When We All Fall Asleep, Where Do We Go?’, Billie Eilish
Produtor do Ano: Não Clássica - Finneas
Melhor Álbum Remisturado - ‘I Rise (Tracy Young’s Pride Intro Radio Remix)’, Tracy Young, remixer (Madonna)
Melhor Álbum Imersivo - ‘ ‘Lux’, Anita Brevik, Trondheimsolistene & Nidarosdomens Jentekor
Melhor Construção de Álbum: Clássica - ‘ ‘Riley: Sun Rings’, Kronos Quartet
Produtor do Ano: Clássica - Blanton Alspaugh
Melhor Atuação Orquestral - ‘Norman: Sustain’, Los Angeles Philharmonic
Melhor Gravação de Ópera - ‘Picker: Fantastic Mr. Fox’, Boston Modern Orchestra Project; Boston Children’s Chorus
Melhor Atuação Coral - ‘Durufle: Complete Chroral Works’, Ken Cowan; Houston Chamber Choir
Melhor Música de Câmara/Atuação de Pequeno 'Ensemble' - ‘Shaw Orange’, Attacca Quartet
Melhor Solo Instrumental de Clássica - ‘Marsalis: Violin Concerto; Fiddle Dance Suite’, Philadelphia Orchestra
Melhor Álbum Vocal de Clássica - ‘ ‘Songplay’, Joyce DiDonato; Chuck Israels, Jimmy Madison, Charlie Porter & Craig Terry, accompanists (Steve Barnett & Lautaro Greco)
Melhor Compêndio de Clássica - ‘The Poetry of Places’, Nadia Shpachenko; Marina A. Ledin & Victor Ledin, producers
Melhor Compêndio Contemporâneo de Clássica - ‘Higdon: Harp Concerto’, Jennifer Higdon, composer (Yolanda Kondonassis, Ward Stare & The Rochester Philharmonic Orchestra)
Melhor videoclip musical - ‘Old Town Road (Official Movie)’, Lil Nas X & Billy Ray Cyrus
Melhor Filme Musical - Homecoming

  • Partilha:

Top